Lisboa

O charme de Lisboa agrada os turistas com facilidade e como boa cidade europeia, é rodeada pela arquitetura clássica e a moderna

Lisboa, Mosteiro dos Jerónimos, Castelo de São Jorge, Oceanário de Lisboa, A Brasileira, Casa Fernando Pessoa

O charme de Lisboa agrada os turistas com facilidade. Como boa cidade europeia, é rodeada pela arquitetura clássica e a moderna, com construções saídas da época do descobrimento do Brasil e outras mais contemporâneas, como as encontradas na freguesia do Parque das Nações. O lar dos nossos antigos colonizadores é cheio de encantos e tem uma das gastronomias que mais agrada o paladar brasileiro.

Lugares para conhecer (na cidade)

Lisboa tem muitos pontos icônicos espalhados em suas ruas e alguns são paradas inevitáveis para os turistas. A belíssima construção do Mosteiro dos Jerónimos é uma delas. Levantada no início do século XVI a mando de Dom Manuel I, guarda túmulos de heróis nacionais como Vasco da Gama, Luis Vaz de Camões e Fernando Pessoa. A Torre de Belém fica bem próxima ao Mosteiro e, assim como o seu vizinho, também é representante da arquitetura gótica manuelina e um dos cartões postais da cidade.

O Castelo de São Jorge fica no alto da cidade e oferece uma vista impressionante panorâmica de Lisboa. Construído por muçulmanos em meados do século XI, enquanto estes dominavam o território, o castelo também serviu de palco para festas da corte portuguesa posteriormente e ainda foi um reduto militar. Uma boa ideia é, depois do passeio, aproveitar para curtir uma bela refeição em um dos vários restaurantes próximos ao monumento.

Para curtir um lado mais moderno de Lisboa, o Oceanário é uma boa pedida. O segundo maior aquário do mundo é a grande atração da freguesia do Parque das Nações, erguida em 1998, e lar de milhares de criaturas marinhas dos principais oceanos do planeta. Dá para perder algumas horas vendo as simpáticas lontras, os perigosos tubarões e as belas arraias.

Uma parada para o cafezinho é uma ótima desculpa para descansar dos passeios por Lisboa e ainda repor as energias com algumas gostosuras locais. Um dos mais bacanas para visitar é o centenário A Brasileira, de frente para o famoso Largo do Chiado. Você pode aproveitar para tirar uma foto ao lado da estátua de Fernando Pessoa, um dos ilustres frequentadores do local, que se encontra em frente ao café.

Falando no Poeta, se você aprecia literatura, não pode deixar de fazer uma visita a Casa Fernando Pessoa, lugar onde o escritor morou seus últimos anos de vida. Sua biblioteca pessoal deve encantar os fãs.

E você que adora o estilo dos europeus, que se enfeitam com vários chapéus e acessórios, não pode deixar de passar em uma das lojas da Fábrica dos Chapéus espalhadas por Lisboa. São muitos estilos diferentes para experimentar, desde modelos comuns até a versão usada por Sherlock Holmes.

Lugares para conhecer (arredores da cidade)

Vale a pena dar um pulo fora de Lisboa para conhecer dois destinos incríveis que ficam a apenas 30 minutos da capital portuguesa: Cascais e Sintra. Cascais se encontra onde o Rio Tejo, que envolve Lisboa, se une a imensidão do Oceano Atlântico, rodeado de uma sucessão de praias de beleza estonteante. Já Sintra, considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, é a pequena vila que impressiona por seus palácios de arquiteturas variadas: linhas mouras se misturam elementos góticos manuelinos, frutos da rica história local.

Música

Portugal possui um estilo musical muito característico e exclusivo, chamado Fado, considerado patrimônio cultural da humanidade. As canções foram reconhecidas como parte do gênero a partir de XIX e cantavam a narrativa do cotidiano, ganhando força como música popular. Além do canto, o Fado geralmente tem o acompanhamento acústico da guitarra portuguesa, instrumento de corda com som característico.

Culinária

Há poucas cozinhas estrangeiras que agradam tanto os brasileiros quanto a portuguesa. Mediterrânea, a culinária local é bem regada a azeites, pães, queijos, batatas, legumes, assim como peixes e frutos do mar. O bacalhau é pedida certeira uma vez que se está em terras portuguesas. O porco a alantejana, um preparado com a carne e frutos do mar, é um prato típico da região sul do país. Na ala dos doces é imprescindível experimentar o aclamado Pastel de Belém.

Um dos orgulhos de Portugal, sem dúvida são seus vinhos, mais especificamente o vinho do Porto – a bebida doce é tradicional do norte do país, da região do Douro, e tem três tipos: o Branco, o Ruby e o Tawny. Se não tiver a oportunidade de visitar a região e quer comprar alguns vinhos não tem problema, Lisboa tem diversas lojas que vendem as bebidas produzidas em todos o país.

Quando Ir

Não tem tempo ruim em Lisboa. Com invernos mais amenos do que no restante da Europa, a cidade dificilmente fica abaixo dos 8 graus e não é tão chuvosa quanto os munícipios ao norte de Portugal. No verão, as temperaturas chegam aos 30 graus. O clima ideal é no fim da primavera (de maio a junho) e começo do outono (setembro e outubro), quando as temperaturas são amenas e as chuvas não incomodam.

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados