Paris

A Cidade Luz é um lugar romântico e maravilhoso, mas encanta a todos com tanta beleza, história, cultura e charme

viagem, Paris, Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Museu do Louvre, Museu d'Orsay, Montmatre, Catedral de Notre Dame, Champs Elysées

Paris é uma cidade tão popular e tão procurada por turistas do mundo todo que é inevitável para quem não a conhece pensar se realmente vale a visita à Cidade Luz, uma vez que existem tantos lugares diferentes e incríveis no mundo para serem visitados. E a resposta é: sim, vale. E sim, Paris é tudo aquilo que nos contam, e mais um pouco.

Aprendemos com os filmes que Paris é uma cidade romântica, mas mesmo os corações solitários devem se encantar com tanta beleza, história, cultura e charme em uma única cidade. A capital francesa tem uma aura diferente de outros lugares e para todo lugar que você olha, tem algo incrível para conhecer.

Lugares para conhecer (na cidade)

Nunca haverá tempo suficiente para conhecer todo o encanto de Paris, mas temos algumas dicas de alguns lugares imprescindíveis para visitar.

O Museu do Louvre é um dos maiores e mais importantes museus do mundo, instalado no antigo Palácio do Louvre, morada dos reis e rainhas da França até o século XVII. É nele que encontramos algumas das mais valorizadas obras artísticas da história da humanidade, como as estátuas sobreviventes da Grécia Antiga Vênus de Milo e Vitória de Samotrácia, ou o quadro da Mona Lisa, de Leonardo da Vinci. Próximo ao Louvre, mas do outro lado do Rio Sena, ergue-se a impressionante estação de trem que hoje é o Museu d’Orsay, casa de importantes obras impressionistas e expressionistas de artistas como Vincent Van Gogh, Claude Monet, Edgar Degas, Pierre Auguste-Renoir e tantos outros. Vale também conhecer alguns outros museus da cidade, como o Rodin e seus belos jardins, ou a inusitada arquitetura do Instituto Georges Pompidou.

Uma visita ao boêmio bairro de Montmatre é imprescindível, lar de inúmeros artistas no passado e onde se encontra a bela igreja Sacré Coeur. A Opera Garnier é palco de diversos espetáculos, a Bastilha tem seu apelo histórico e a maravilhosa Catedral de Notre Dame vale só pela arquitetura. Apesar de cansativo, é recompensador subir suas escadas, ver de perto suas gárgulas e enxergar Paris do alto.

É inevitável, você vai se cansar passeando por pela cidade e uma boa pedida é relaxar em um de seus vários jardins, como o das Tulherias ou o de Luxemburgo. Ou então, parar para um café em um dos charmosos estabelecimentos locais, por exemplo o Café de Flore, que em suas mesinhas dispostas na calçada foi ponto de encontro de intelectuais dos anos 50 como Ernest Hemingway, Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir. E, claro, você não pode ir à Paris sem andar pela Champs Elysées e dar um pulo para conhecer a Torre Eiffel.

Para quem quer ir fazer comprar e quer levar como lembrança de Paris alguma peça de grife, a Galeries Lafayette é o lugar certo. O tradicional centro de consumo da cidade anuncia em seu site quando ocorrerão promoções.

Lugares para conhecer (arredores da cidade)

Apesar de Paris ter muitos atrativos por si só, os arredores oferecem alguns passeios incríveis que podem ser uma boa adição ao seu passeio. Os palácios de Versalhes e de Fontainebleau estão bem próximos e dão uma bela visão de como eram luxuosas a vida dos monarcas franceses. Há também os parques de diversões: a Disney de Paris e o Astérix. Quem busca um passeio diferente pode ir até charmosíssima Giverny, onde ficam a casa de Monet e seus jardins, que foram inspirações para vários de seus quadros.

Culinária

A culinária francesa é uma das mais tradicionais do mundo, apesar de causar estranheza com alguns de seus pratos, como o escargot – a iguaria nada mais é do que um caramujo comestível. Mas existem diversos outros pratos típicos que podem ser apreciados com tranquilidade para os menos aventureiros, como o omelete com ervas, a soupe à l'oignon, ou a sopa de cebola com queijo gratinada e o filé de lombo de vitela ou o tradicional ratatouille, o cozido de legumes picados que ficou famoso depois do filme da Pixar com o simpático ratinho. É recomendadíssimo experimentar um crepe, doce ou salgado, em uma das várias creperias de Montmatre. Se quiser adoçar a refeição, não deixe se deliciar com o crème brûlée, o crepe suzette e os profiteroles.

Quando ir

Paris encanta em todos os períodos do ano, mas ela fica bem diferente dependendo da estação. Na primavera a Cidade Luz fica mais colorida e bonita, ótima para fotografias. No outono fica bem romântica com a tonalidade amarelada típica do período, deixando tudo mais charmoso. No inverno a iluminação característica local fica ainda mais bonita, especialmente durante o período do Natal e Ano Novo. Já no verão a cidade fica a mil, repleta de turistas e com muitas programações diferentes para serem aproveitadas por quem vem de fora, como festivais de rua.

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados