Bonito

Cidade no Mato Grasso do Sul acerta em cheio ao oferecer opções de passeio para aproveitar com amigos ou família

bonito, mato grosso do sul, rio da prata, rio sucuri, aquário natural, abismo anhumas, gruta do lago azul, cachoeira da boca da onça

Você é do tipo que gosta de rios com águas transparentes? Cachoeiras com água limpinha? Cavernas e grutas gigantes para serem exploradas? Gosta de fauna e gosta de ver centenas de espécies de aves, mamíferos e répteis? Então temos uma ótima notícia: você vai adorar Bonito! 

Em 2013, a cidade recebeu o prêmio de melhor destino turístico responsável do mundo. São mais de 40 atrações, que você pode aproveitar com amigos e família. Perfeito tanto para quem gosta de um passeio mais calmo quanto para aqueles que buscam uma atividade mais radical. Vamos listar algumas dicas aqui. 

Lugares para conhecer

Bonito possui tantas atrações que, para conhecer tudo, você precisaria ficar uma semana na cidade. Como nem sempre temos tempo suficiente, a ideia é focar nos passeios tradicionais e, se sobrar tempo, fazer outros programas.

Fazer flutuação é uma das principais atividades em Bonito. Com as águas cristalinas, é possível aproveitar muito o mergulho. O Rio da Prata, Aquário Natural e Sucuri são os melhores lugares para flutuar. O primeiro é o que tem mais variedade de peixes. Já no Sucuri, as águas são mais cristalinas, e o Aquário é mais indicado para quem está começando. 

Para quem gosta de programas radicais, Bonito também é um prato cheio. O Abismo Anhumas é um lugar ótimo - com um rapel de mais de 70 metros, é possível chegar à uma caverna onde uma bela lagoa azul possibilita a prática do mergulho. Esse é um dos passeios inesquecíveis, no qual você pode tirar uma linda foto para colocar no porta retrato. Mas prepare-se, é um pouco caro.

Se a ideia é ir para um lugar um pouco mais inusitado e contemplar uma paisagem maravilhosa, a dica é a Gruta do Lago Azul, que conta com um lago com mais de 90 metros de profundidade. Ideal para curtir o pôr do sol.

A Cachoeira da Boca da Onça é a mais alta do estado, com pouco mais de 157 metros de altura. Para chegar, você pega uma linda trilha de 4km, passando por diversas quedas d'água. 

Gastronomia

Não pense que, por ser uma cidade pequena, as opções para comer em Bonito são escassas. Esse destino é cheio de restaurantes e consegue oferecer o melhor da cozinha pantaneira, com uma pequena mistura de sabores dos frutos do cerrado. 

O peixe fresquinho é a melhor pedida em Bonito, mas para quem quer ousar um pouco mais, a carne de jacaré também é um prato famoso da região. Pacu, piraputanga e pintado são outras opções de peixe que não desapontam.

Os restaurantes Casa do João e Pantanal são os mais famosos da região. A arquitetura é rústica e simples, e a comida é deliciosa, com um cardápio bem variado. Em ambos os lugares você não gastará muito, o preço é justo.

Em Bonito, no geral, os restaurantes são baratos, mas é preciso ficar atento aos horários, pois muitos lugares não ficam abertos até tarde. 

Quando ir

Se a ideia é aproveitar a paisagem, a melhor época é o período de chuvas, de dezembro a março, quando a vegetação ainda está verdinha e os rios estão mais cheios. 

Entre junho e agosto, os campos ficam mais secos, porém as águas são mais claras, ideal para quem quer fazer mergulho. 

De qualquer forma, em qualquer uma das datas, você terá uma experiência incrível.

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados