Manaus

Não importa quantas vezes você visite Manaus, sempre ficará surpreendido com a imponência de suas belezas naturais

Paris dos Trópicos, Cultura Indígena, Rio Negro e Solimões, Capital ambiental do Brasil, Metrópole da Amazônia Ocidental, Palacete Provincial, Caprichoso e Garantido, Encontro das Águas, Teatro Amazonas, Amazonas

Não importa quantas vezes você visite Manaus, com certeza sempre ficará surpreendido com a imponência de suas belezas naturais. Ponto de saída para a exploração da Floresta Amazônica, a cidade têm o ecoturismo como principal chamariz de visitantes e, com um bioma que concentra cerca de 60% de todas as formas de vida do planeta, é destino certo para quem gosta de estar em contato direto com o meio ambiente.

Centenas de mamíferos, aves, répteis, peixes e uma variedade incontável de plantas são parte indissociável da paisagem amazônica e tornam o lugar perfeito para atividades como a pesca esportiva, bird watching, focalização de jacarés, passeios de canoa e trilhas. As viagens de barco, que podem durar um dia ou uma semana, variando conforme a disposição do cliente, são emocionantes e mostram com clareza e proximidade por que a Floresta Amazônica é conhecida mundialmente.

Roteiro tradicional e excelente partida para a exploração da Amazônia, o passeio de barco que mostra o encontro das águas dos rios Negro e Solimões exibe os contrastes que só a natureza pode proporcionar, num espetáculo responsável pela formação do Rio Amazonas, que compõe a maior bacia hidrográfica do mundo.

Distante apenas 130 quilômetros de Manaus, a cidade de Presidente Figueiredo é um prato cheio para os aventureiros que gostam de cachoeiras, trilhas e cavernas. São mais de 100 quedas d'água na região e dezenas de roteiros para quem quer mais emoção ou está apenas atrás de descanso. Um pouco mais longe, a 180 quilômetros, está a cidade de Novo Airão, onde encontra-se o Parque Nacional de Anavilhanas. O local abriga um dos maiores arquipélagos fluvias da Terra, com cerca de 400 ilhas, em um cenário que deslumbra por sua peculiaridade. O município também é ótimo para a focalização de botos, animal típico da Amazônia.

A escolha da hospedagem já ajuda a definir qual o grau de envolvimento com a natureza desejado e os famosos hotéis de selva, localizados no meio da floresta, deixam o turista rodeado por plantas e animais dia e noite. O aluguel de barcos-hotel também é comum na região e permite a exploração dos rios com conforto e mais independência. Quem quer curtir a cidade também tem no centro e no bairro de Adrianópolis as principais opções de quarto.

A região central guarda boas surpresas e uma passada pelo Teatro Amazonas e Mercado Municipal revela um pouco dos costumes do manauara. Se estiver com a sensação de que está muito imerso na fauna e flora amazônicas e bater a vontade de ver gente, a praia de Ponta Negra engloba bons endereços para comer, tomar uma cervejinha e badalar.

A propósito, não deixe de experimentar os peixes, que definem a culinária local - tucunaré, tambaqui e pirarucu, nas mais variadas apresentações, deixam todos com água na boca. Pato no tucupi e tacacá não levam peixe, mas são igualmente deliciosos. Adrianópolis e Vieralves são outras vizinhanças de famosos pontos gastronômicos. Para se deslocar por distâncias mais longas, dê preferência ao carro. Para trechos mais curtos, o ônibus é uma opção.

Como estamos no Brasil, vale lembrar que sempre precisamos ficar atentos a furtos, roubos e assaltos. Nunca desligue o sinal de alerta, mas não deixe de aproveitar a viagem!

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados