Natal

Marcada pelo calor nos 365 dias do ano, Natal mostra que tamanho não é documento quando assunto é turismo

Cidade do Sol, Noiva do Sol, Capital Espacial do Brasil, Dunas de Areia, Praias, Ponta Negra, Carnatal, Parnamirim, Manguezais, Espaços Culturais, Museus, Teatros

Praiana e aconchegante, Natal encanta pela variedade de atrações naturais, aliada a uma população ainda muito ligada às suas tradições. Marcada pelo calor nos 365 dias do ano, mas igualmente refrescada pelos ventos que sopram incessantemente, a "Cidade do Sol" mostra que tamanho não é documento quando assunto é turismo e, mesmo sendo uma das menores capitais do Brasil, já se consagrou como um dos destinos mais famosos e procurados no litoral do país.

Muito badalada e provavelmente a mais frequentada da cidade, a praia de Ponta Negra é uma ótima pedida para quem busca lazer e entretenimento, independentemente da hora do dia. Um banho de mar contemplando o Morro do Careca, uma caminhada na orla ou uma parada para uma água de coco fazem qualquer um esquecer o estresse e entrar no clima da viagem. À noite, bares, restaurantes e casas noturnas não deixam adormecer a região, que fica a cerca de 14 quilômetros do centro.

As dunas são um dos maiores símbolos do Rio Grande do Norte e o Parque das Dunas é o lugar certo para conhecer essas formações arenosas. Suas três trilhas - Peroba, Ubaia Doce e Perobinha - são um prato cheio para quem gosta de conferir a natureza de perto e levam a mirantes que proporcionam a visualização das praias e do Morro do Careca.

Entre os programas perfeitos para entender um pouco mais da história da região e seus costumes, visitas ao Forte dos Reis Magos, Shopping do Artesanato Potiguar e Centro de Turismo não podem faltar.

Os arredores de Natal são mais surpreendentes ainda e, em qualquer direção, o viajante se depara com paisagens maravilhosas, sem precisar percorrer mais do que 150 quilômetros. Rumo ao norte, Genipabu (20km) é famosa pelos passeios nas dunas. Seja na emoção dos buggies ou na tranquilidade das costas dos dromedários (parentes de uma corcova só dos camelos), a diversão é certa. Maracajaú (54km) é indispensável pelas piscinas naturais e formações de coral, que permitem o mergulho para ver os mais variados peixes. O ski-bunda e o aerobunda são o chamariz de Jacumã (33km), enquanto que São Miguel do Gostoso (112km) reúne quem gosta de badalação, esportes radicais e gente bonita.

No sul, Pipa (82km) atende a todos os gostos e suas praias, como Cacimbinhas, do Centro, do Giz, do Amor, do Madeiro, Lagoa da Guaraíras e a Baía dos Golfinhos fazem do lugar um ponto paradisíaco. Não deixe de visitar o maior cajueiro do mundo, em Pirangi (22km) e ficar boquiaberto com a árvore de mais de 8500 metros quadrados.

Grande polo criador de camarão, Natal tem uma culinária especializada em pratos que levam o crustáceo. Outros frutos do mar e peixes são mais carros-chefe nos restaurantes da cidade, que também apostam nas receitas tipicamente nordestinas, como a carne de sol. No bairro de Ponta Negra está a maior variedade de restaurantes.

Os hotéis se concentram em Ponta Negra, na Via Costeira e no centro. Para a locomoção, o carro é a melhor alternativa.

Como estamos no Brasil, vale lembrar que sempre precisamos ficar atentos a furtos, roubos e assaltos. Nunca desligue o sinal de alerta, mas não deixe de aproveitar a viagem!

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados