Porto Alegre

Repleta de opções de lazer e cultura, a capital do Rio Grande do Sul acolhe seus visitantes ao sabor do chimarrão

Capital dos Gaúchos, PoA, Folclore, Palácio Farroupilha, Estádio Beira Rio, Arena Grêmio, Chimarrão, Mercado Público de Porto Alegre, Churrasco

Capital que sabe aliar o crescimento à qualidade de vida com excelência, Porto Alegre é amada por seus moradores pelo fato de proporcionar uma vida urbana que sabe apreciar a natureza e as relações interpessoais. Repleta de opções de lazer e cultura, a cidade acolhe seus visitantes ao sabor do chimarrão e mostra por que os gaúchos só têm coisas boas a dizer sobre este lugar.

Os parques porto-alegrenses são uma atração à parte. Bem preservados e cheios de vida, são ponto de encontro de famílias, amigos e casais. O mais movimentado é o Parque da Redenção, próximo à região central e ótimo para a prática de esportes, relaxar e encontrar gente de bem com a vida. Aos domingos, o local fica ainda mais cheio por causa do Brique da Redenção, feira livre que toma conta da rua José Bonifácio e traz barracas com artesanato, antiguidades e manifestações artísticas variadas. O Parque Moinhos de Vento, mais conhecido como Parcão, também é ponto de encontro da população. Menor e mais charmoso, fica localizado em uma das áreas mais caras da cidade.

Uma caminhada pela orla do lago Guaíba não pode faltar durante a viagem e os mais entusiasmados têm a chance de conhecer o famoso cartão-postal de "POA" em um passeio de barco. Se puder, passe um tempinho curtindo a bela praia de Ipanema, em sua versão gaúcha, é claro. Às margens do lago, não deixe de visitar a Usina do Gasômetro e o Mercado Municipal. A capital também está muito bem servida de belas praças, sendo que a da Matriz e a da Alfândega são belos exemplos disso.

Uma via em particular chama muito a atenção na capital pela beleza de suas árvores. A rua Gonçalo de Carvalho, que já foi até nomeada pelos seus apreciadores e moradores "a rua mais bonita do mundo", atrai cada vez mais turistas, curiosos para ver o belo túnel de tipuanas que se forma entre os bairros de Independência e Floresta. De fato, é um cenário único.

Os turistas religiosos, ou apenas aqueles que gostam de visitar belas igrejas, têm um leque de possibilidades em Porto Alegre. Localizado no alto do Morro da Pedra Redonda, o Santuário de Nossa Senhora Mãe de Deus, padroeira da cidade, impressiona pela vista panorâmica de tirar o fôlego.

Mais próximas ao centro, a Igreja de Nossa Senhora das Dores, a mais antiga da cidade, e a Catedral Metropolitana, são paradas recomendadíssimas.

Distante apenas 120 quilômetros, a serra gaúcha é um roteiro imperdível para quem tem um pouco mais de tempo para passear. Cidades simpáticas e bonitas como Gramado, Canela e Bento Gonçalves oferecem ótimos passeios e são ideais para curtir um friozinho ao sabor de um bom vinho e saborosa comida.

Culturalmente, Porto Alegre não para. Espaços como o Theatro São Pedro, Fundação Iberê Camargo, Casa de Cultura Mario Quintana, Santander Cultural e o Museu de Arte do Rio Grande do Sul deixam os amantes de todas as artes perdidos em meio a tantas opções de entretenimento. Para uma experiência interativa e diferente, uma visita ao Museu de Ciências e Tecnologia da PUC é perfeita. Para se divertir durante a noite, os bares da Cidade Baixa têm muita música e gente animada.

Quem procura um city tour de ônibus não se decepciona e a Linha Turismo oferece dois itinerários pela capital. A rota do centro histórico dá direito a cinco embarques e desembarques e passa, de hora em hora, por pontos como a Praça da Matriz, o Parque da Redenção e o Parcão. A rota da zona sul não permite descidas e visita lugares como a praia de Ipanema, o Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus e a orla do Guaíba.

A gastronomia local tem forte influência da colonização, italiana, alemã, espanhola e do leste europeu.

Sempre acompanhados de um bom vinho, os pratos agradam a todos os paladares e os bairros de Moinhos de Vento, Bom Fim, Cidade Baixa, Petrópolis e Menino Deus não deixam nenhum visitante passar fome.

A maioria dos hotéis fica no centro e em Moinhos de Vento. Quanto ao transporte, os ônibus atendem muito bem às demandas turísticas, mas sempre tenha o dinheiro do táxi em mãos para emergências.

Como estamos no Brasil, vale lembrar que sempre precisamos ficar atentos a furtos, roubos e assaltos. Nunca desligue o sinal de alerta, mas não deixe de aproveitar a viagem!

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados