Rio de Janeiro

A exuberância da paisagem é marca registrada do Rio - praias, morros e florestas compõe uma vista impressionante pela diversidade

Cidade Maravilhosa, Praias, Cristo Redentor, Corcovado, Ipanema, Copacabana, Arpoador, Cultura Histórica, Jardim Botânico, Carnaval

Provavelmente a cidade brasileira mais conhecida pelos turistas internacionais, o Rio de Janeiro tem tudo para conquistar um número ainda maior de fãs nos próximos anos. Sede da final da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, a capital fluminense vai ficar nos holofotes da mídia por um bom tempo e terá a oportunidade de mostrar ao mundo as belezas que seu povo já conhece.

A exuberância da paisagem é marca registrada do Rio - praias, morros e florestas compõe uma vista que impressiona pela sua diversidade. Misturando os elementos naturais aos urbanos, forma-se um cenário único, que desperta no visitante o desejo de se mudar para a cidade quase que imediatamente.

É na Cidade Maravilhosa também que reside uma das atrações turísticas mais conhecidas do globo, o Cristo Redentor. No alto do Corcovado, a estátua dá as boas-vindas a todos os seus visitantes e é destino imperdível para os marinheiros de primeira viagem. O passeio de trem até os pés do monumento, localizado dentro do Parque Nacional da Tijuca, é ótimo para quem gosta de apreciar a natureza.

Em termos de vistas panorâmicas, o Rio de Janeiro está muito bem servido e o bondinho do Pão de Açúcar é mais um exemplo disso. O visual do passeio é indescritível e, do mirante principal, o turista pode admirar a beleza de suas praias mais famosas e a baía de Guanabara.

A orla é mais um ponto que merece destaque. O calçadão e a ciclovia que se estendem pelas praias do Leblon, Ipanema, Arpoador, Copacabana e Leme mostram a verdadeira interação entre seus moradores e o espaço público. Nada melhor do que uma caminhada, ou um passeio de bicicleta, para contemplar a imensidão azul, seguido por um refrescante banho de mar. Quem não gosta de colocar os pés na areia pode ficar na água de coco em um dos quiosques nas proximidades ou dar uma volta na lagoa Rodrigo de Freitas. Para conhecer paisagens menos urbanas, Prainha e Grumari são boas opções.

Com a boemia em sua essência, a Lapa é a cara do Rio de Janeiro. Repleto de bares com música ao vivo, o bairro é ideal para quem está atrás de uma cerveja gelada e uma conversa agradável. A efervescência cultural aqui é grande, atraindo todas as tribos que gostam da noite. É nessa parte da capital que estão o Circo Voador e a Fundição Progresso, tradicionais centros culturais, famosos pelos shows e festas. De quebra, quem visita essa parte do Rio pode apreciar os Arcos da Lapa, antigo aqueduto construído no século XVIII.

Uma região que vem crescendo turisticamente nos últimos anos é o bairro de Santa Teresa. Ao andar por ali, a impressão inicial é de uma viagem ao passado. Cheia de ruas estreitas, casas antigas e um clima bucólico, a vizinhança vem ganhando a simpatia de quem tira uma tarde para explorá-la. Seus botecos e restaurantes também são uma ótima desculpa para uma visita descompromissada.

Os amantes da leitura e história vão se deliciar no Rio de Janeiro com duas atrações de tirar o fôlego, ambas na região central. Com mais de nove milhões de livros em seu acervo, a Biblioteca Nacional está entre as dez maiores bibliotecas nacionais do mundo, ocupando o topo da lista na América Latina. Já o Real Gabinete Português de Leitura, com uma coleção mais reduzida, chama a atenção pela beleza de seu interior, certamente um dos mais deslumbrantes que existem.

Na hora de escolher o hotel, a zona sul da cidade é o local mais conveniente em termos de localização. A região concentra ou fica bem próxima à maioria das atrações e tem uma grande quantidade de quartos disponíveis.

Como estamos no Brasil, vale lembrar que sempre precisamos ficar atentos a furtos, roubos e assaltos. Nunca desligue o sinal de alerta, mas não deixe de aproveitar a viagem!

AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados