6 dicas para uma viagem prazerosa à Buenos Aires

Saiba onde se hospedar, qual é o melhor meio transporte e o que fazer na cidade

Dicas Postado em

Buenos Aires é o destino perfeito para quem tem pouco tempo e dinheiro, mas quer viver momentos inesquecíveis em um outro país. Se você está planejando ir à capital da Argentina, saiba quais são os documentos necessários, onde se hospedar e qual é o melhor transporte para se locomover na cidade. Ao todo, são 6 dicas preciosas para você embarcar nesta jornada:

Documentos para entrar no país

Com o seu RG já é possível entrar no país vizinho, mas a fotografia precisa ser atual e o documento estar em bom estado de conservação. Por isso, na dúvida, leve o passaporte também.

Vou de Táxi, Uber, metrô ou a pé?

Táxi é realmente um meio de transporte barato e está em todos os lugares. Mas se você tem acesso à internet pelo celular, então o Uber pode ser mais vantajoso. Caminhar a pé é outra opção, pois é fácil e agradável. Já os trens têm apenas um inconveniente: é preciso comprar o cartão de transporte chamado SUBE, que infelizmente não são vendidos na estação, mas sim nos comércios.

Utilidades

Não use o celular da sua operadora brasileira na Argentina, pois a conta vai chegar salgada no fim do mês. Uma dica é comprar um chip de uma operadora local, que pode ser adquirido nos comércios como os que vendem o SUBE. Assim como no Brasil, você não vai conseguir postar mil fotos o dia inteiro, mas equilibrando o saldo você consegue conferir mapas e pedir um Uber tranquilamente. Do Brasil, leve adaptadores de tomada pois eles serão mega úteis, já que as tomadas argentinas possuem um padrão totalmente diferente.

Quando viajar?

O turista consegue aproveitar Buenos Aires o ano inteiro. Durante dezembro, janeiro e fevereiro o calor é intenso, assim como em todo o Brasil, frequentemente 30ºC. Março, abril, outubro e novembro são os meses com temperaturas mais agradáveis, com mínimas de 15ºC e máximas de 20ºC. Maio já começa a esfriar, com mínimas de 10ºC e máximas abaixo de 20ºC.

Onde se hospedar?

Se for a sua primeira vez em Buenos Aires, a dica é o bairro da Recoleta, região central que abriga hotéis de várias categorias e perto de todas as atrações. Mas se você já conhece a cidade, que tal se hospedar em um bairro descolado? Palermo Soho está cheio de lojas hypadas. Palermo Hollywood é onde abriga os restaurantes da moda e Villa Crespo é onde estão os outlets e alguns bares e restaurantes mais cults.

O que fazer?

Em um dia você consegue fazer um passeio proveitoso: Museu do Boca Juniors na Bombonera, Avenida de Mayo, onde estão a Casa Rosada e o Café Tortoni, Galerías Pacífico, onde fica o famoso shopping do Centro e o Puerto Madero.

No segundo dia aproveite alguns pontos menos turísticos: um passeio pela Recoleta, onde tem a linda livraria El Ateneo, visite as lojas de Palermo Soho, o museu Malba, o parque Jardim Japonês, o Museu dos Beatles e o Teatro Colón.

No terceiro dia vá à Feira de San Telmo - ou à inusitada Feira de Mataderos, na periferia, que reúne os "gauchos" argentinos. Outra opção é o passeio de barco pelo Delta do Tigre e uma visita ao Parque de la Costa.

Para finalizar, assista a um espetáculo de tango. O cabaré Rojo Tango é o melhor, porém o mais caro. Existem outras opções mais acessíveis: como o Centro Cultural Borges, na Galerías Pacífico e no porão do Café Tortoni. Tem também as milongas, que são as gafieiras portenhas, vá ao Glorieta, em Belgrano.

Fotos: Divulgação

Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo.


AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados