A febre do "pau de selfie"

O tão comentado “pau de selfie” já é sensação entre os brasileiros. O bastão, que nada mais é do que um extensor para as câmeras e smartphones celular, auxilia na produção da selfie e também está fazendo muito sucesso entre os viajantes.

Tecnologia Postado em

O tão comentado “pau de selfie” já é sensação entre os brasileiros. O bastão, que nada mais é do que um extensor para as câmeras e smartphones celular, auxilia na produção da selfie e também está fazendo muito sucesso entre os viajantes.

O nome pode incomodar alguns, mas o termo usado para o bastão definitivamente está na boca de todos. O “pau de selfie” provoca polêmicas: há quem o chame de GoPobre, em referência a marca pioneira em usar o equipamento, a câmera GoPro. O uso da selfie também provoca preconceito em várias pessoas, que automaticamente abominam o extensor, usado principalmente com essa finalidade. Mas não tem para ninguém, pelo menos por enquanto o modelo é mesmo uma febre.

O pau de selfie que vem sendo propagado pode diferir bastante daquele equipamento da GoPro, mas os modelos são os mais diversos de formas e preços. Ele pode ser vendido em lojas e também entre os ambulantes nas praias e camelôs.

Usar o extensor em viagens realmente tem suas vantagens. Com ele você não precisa pedir para ninguém tirar as suas e a distância do bastão permite fazer fotos mais abertas, enquadrando um espaço maior e favorecendo os cenários de fundo. Além disso, o ângulo da foto depende de você. Dá para fazer algumas fotos bem bacanas brincando com as possibilidades do equipamento.

Claro, o bastão pode ser bem comprido, então é bom usá-lo com bom senso. Quando for bater suas fotos, veja se não está atrapalhando outras pessoas ao esticar o equipamento.

Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo.


AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados