8 hábitos comuns do brasileiro que pegam mal no exterior

Antes de sair de férias, pesquise quais são as atitudes consideradas ofensivas no país de destino

Curiosidades,Dicas Postado em

Gorjeta, mascar chiclete ou até certos cumprimentos com as mãos são atitudes naturais para qualquer brasileiro. No entanto, em outros países, esses hábitos podem ser considerados até ofensivos. Para ajudar você a não cometer uma gafe, o buscador de viagens online KAYAK selecionou alguns costumes que todos devem abandonar ao visitar outras culturas. Veja quais são eles:

1. Mascar chiclete em público 

Mascar chiclete em Cingapura é um sinal de falta de educação, além de ser digno de multa. Você terá que pagar até R$ 1.000 caso o cuspa na rua.

2. Fazer "joinha"

Você esbanja joinhas aqui no Brasil? Quando for ao Oriente Médio, é melhor evitar o sinal. O símbolo é bastante ofensivo, pois equivale a mostrar o dedo do meio a alguém.

3. "Limpar o prato"

Em alguns países, "raspar o prato" é sinônimo de que a  refeição estava deliciosa. Mas em outros lugares, como na Tailândia e China, não é bem assim.  A impressão será de que o anfitrião não preparou uma quantidade suficiente de comida. 

4. Dar gorjeta

Dar gorjetas é quase uma regra de etiqueta. Mas no Japão e na Coreia do Sul a atitude pode gerar confusão. Isso porque do outro lado do mundo o ato de servir bem é um orgulho para os funcionários. 

5. Chegar atrasado

Em alguns países da Europa, os eventos tem horário para começar e acabar. Geralmente são informados até mesmo no convite. Na Alemanha, por exemplo, deixar as pessoas esperando é rude e muito mal-educado.

6. Comer na rua 

Comer a sua refeição nas ruas e praças é um costume completamente normal. Mas em Ruanda, até tomar um simples sorvetinho pega muito mal. 

7. Aperto de mão firme

Cumprimentar de forma firme no Brasil é bastante comum e demonstra confiança e interesse. No entanto, nas Filipinas, um forte aperto de mão é considerado agressivo e até desrespeitoso.

8. Encher a comida de tempero

No Brasil é comum pedir uma pimentinha ou até um molho extra para colocar na comida. Mas não faça isso na Itália, Espanha e Japão. Antes de solicitar um tempero em um restaurante mais requintado, veja se ele já está na mesa. Caso contrário, é melhor nem pedir.

Imagens: Pinterest/Reprodução

Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo.


AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados