Uruguai: saiba o que é preciso para viajar de carro pelo país

Documentação, moeda, pedágios e custos são alguns dos pontos a serem levados em consideração

Destinos Internacionais,Dicas Postado em

Fazer uma viagem de carro sempre demanda alguns cuidados especiais, e quando o destino não é uma cidade brasileira, as medidas devem ser redobradas. Para pegar a estrada rumo ao Uruguai, por exemplo, é preciso ter bastante planejamento. Apesar de ser um país bastante organizado, com estradas bem sinalizadas e com pouco movimento, fique atento com o valor da gasolina, pedágios e documentações que serão exigidas ao passar na fronteira. Confira algumas dicas fornecidas pelo site ZH e boa viagem:

Carta Verde

Para quem deseja ingressar nos países do Mercosul de carro é preciso ter a Carta Verde, que deve ser apresentada no momento de cruzar as fronteiras. Seu objetivo é proteger terceiros afetados por acidentes de trânsito no período da viagem. Segundo a tabela da Cabergs Seguros, por exemplo, portar a Carta Verde por 10 dias, no plano mais econômico, custa R$ 112.

Documentos necessários

Não esqueça da carteira de identidade (RG) ou passaporte. Nos postos da polícia de fronteira, o viajante pode adquirir o registro de entrada e saída do Uruguai, que deve ser preenchido. Para viagens de carro, além da Carta Verde, também deve-se levar o documento do veículo e a carteira de motorista. Não é obrigatório tomar vacinas especiais para ingressar no país.

Alimentação

Alimentação típica não é barata. Uma festival de carnes para duas pessoas não sairá por menos de R$ 120, sem as bebidas. Para provar o tradicional chivito você vai gastar pelo menos R$ 60 por casal. Uma alternativa para economizar é comprar as delícias uruguaias nos supermercados e preparar sanduíches de presunto, queijos e bistecas no hotel.

Hospedagem

Nas cidades mais movimentadas do Uruguai existem hotéis e pousadas com café da manhã a partir de R$ 180 por casal. Alternativas mais em conta são os albergues, em que um casal encontra quartos privativos, com banheiro, a partir de R$ 95 a diária.

Gastos

Para quem vai de carro deve saber que o combustível é um dos principais gastos. Isso porque a gasolina por lá não é barata: o litro custa 42 pesos (cerca de R$ 5). A dica é encher o tanque do lado brasileiro, reduzindo a necessidade de parar nos de bandeiras Ancap uruguaios. E lembre-se dos pedágios: além dos brasileiros, há vários no Uruguai.

Moeda

Dica preciosa: leve o mínimo de peso do Brasil, e prefira trocar a sua moeda do outro lado da fronteira, pois vale mais. A cotação aproximada fazendo câmbio no Brasil é de R$ 1 para 6,25 pesos. Já a cotação aproximada fazendo câmbio no Uruguai é de R$ 1 para 8,4 pesos. O real também é bem aceito nas principais cidades turísticas uruguaias (Colônia, Montevidéu, Punta del Este e Punta del Diablo). No entanto, nas cidades remotas, restaurantes e pequenos mercados aceitam apenas o peso. Até 21 de abril de 2017, visitantes têm garantida a devolução do IVA de serviços turísticos, desde que pagos com cartão de crédito ou débito.

Foto: Divulgação

Não se esqueça de deixar o seu comentário abaixo.


AMelhorViagem.com - 2012~2015 Todos os Direitos Reservados